sábado, 17 de Maio de 2008

Algumas vantagens e desvantagens da entrevista

A entrevista é um instrumento de recolha de dados que permite a obtenção de informação mais completa do que o questionário.
As entrevistas são realizadas a um número mais restrito de sujeitos pois, pelo facto de serem presenciais, requerem maior disponibilidade de tempo e espaço. Além disso, as questões, neste tipo de instrumento, não são imutáveis pois podem ser adaptadas pelo próprio entrevistador (especialmente em termos de linguagem) ao sujeito que está a ser entrevistado de modo a facilitar a compreensão e o diálogo entre ambos. As questões também podem ser, ao longo do decurso da entrevista, complementadas de acordo com as respostas inicialmente obtidas e esse complemento de informação pode ser directo – recorrendo a novas questões que não faziam parte do plano inicial – ou indirecto – com a recolha de expressões faciais ou reacções do entrevistado que permitem extrair conclusões sobre as suas opiniões. Estas são algumas das vantagens da entrevista sobre o questionário.
Entre as desvantagens da entrevista podemos considerar o tempo em que ela decorre e que é, normalmente, relativamente extenso e o espaço que tem de ser previamente planeado e combinado entre o entrevistador e o entrevistado. Podemos igualmente ter em conta os receios do entrevistado em expor a sua sinceridade e a tendência para que este dê as respostas que pensa que o entrevistador pretende obter ou que são politicamente correctas. Por fim, a análise de dados recolhidos numa entrevista é mais morosa e mais complexa.